III BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO AGRESTE

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Projeto Boa Visão beneficiará alunos das redes estadual e municipal de ensino em Garanhuns


por AQUILLES SOARES

O município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, recebe durante todo o mês de fevereiro as atividades do Projeto Boa Visão, uma iniciativa da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que por meio da V Gerência Regional de Saúde (V Geres),  em conjunto com a Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação de Garanhuns; deram início nesta quarta-feira (15) as atividades que contam também com o apoio da Fundação Altino Ventura, com o objetivo de identificar e tratar problemas oculares que acometem os alunos matriculados na rede estadual e municipal de ensino.

Durante as ações de hoje, diversos profissionais da área de saúde e educação passaram por uma capacitação na Gerência Regional de Educação (Gre) do Agreste Meridional. Eles serão os responsáveis por realizar a triagem dos alunos de cada escola, de acordo com o cronograma estabelecido por cada instituição de ensino. A escolha de Garanhuns deve-se à grande demanda de atendimentos oftalmológicos ao público infanto-juvenil.

O secretário municipal de Saúde, Alfredo de Gois, destaca a importância das atividades no momento adequado. “Esta ação é algo que abrange toda a V Geres, mas em Garanhuns nós já havíamos observado uma grande demanda de exames oftalmológicos. A partir daí, a Secretaria de Saúde sempre buscou parcerias para atender a necessidade do município, através de iniciativas como o Projeto Glaucoma e Boa Visão”, declarou o titular da pasta.

Ao todo, a partir do dia 20 deste mês, serão realizados 10 dias de triagem, com uma média de 500 alunos sendo atendidos por dia. A diretora adjunta da Escola Estadual São Cristóvão, Maria do Carmo, levará a iniciativa até a instituição, convocando todos alunos da comunidade onde a instituição está instalada. “Agora vamos nos juntar para otimizar este serviço. Também sou professora da Escola Municipal Amélia Maria, e vou reunir professores e funcionários para que possamos promover a saúde de nossos alunos”, finalizou.

Projeto Boa Visão – Foi iniciado em 2012, para identificar e tratar problemas oculares dos alunos matriculados nas escolas, além dos professores e funcionários da rede. A iniciativa além de oferecer consultas oftalmológicas também, constatando a necessidade, realiza a entrega de óculos corretivos em até 24 horas.
Fonte: Secom/PMG