III BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO AGRESTE

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Memórias de Garanhuns (49): Monsenhor José de Anchieta Callou

Mons. José de Anchieta Callou.
O Mons. José de Anchieta Callou, nasceu na  Fazenda "Trincheira"  município  de Salgueiro-PE, em 7 de janeiro de 1893.

Mons. José de Anchieta Callou foi o 3º diretor do Colégio Diocesano de Garanhuns( Gymnásio) (1928/1936). Trazia já a experiência, pois fora diretor do Ginásio de Triunfo. Quatro meses após, sofre o Gymnásio o rude golpe da morte de D. Moura. Mons Callou soube, porém, enfrentá-lo. Em 1929, conseguiu bancas examinadoras, municipalizando o Gymnásio. Até então, os alunos concluintes iam, ao Recife, prestar exames.

Em 1930, conseguiu equiparação permanente, oficializando, portanto, a vida do Gymnásio. Adquiriu material suficiente para o laboratório. Fundou grêmios culturais. Conseguiu, no último ano de sua direção, verificação prévia para o Curso Comercial. Pôde ver, ao deixar o Gymnásio, seis turmas concluírem o curso ginasial no próprio colégio.

Faleceu em Recife, no Hospital Português, na tarde invernosa de 12 de julho de 1968. O seu corpo foi transladado para Garanhuns, onde foi sepultado na Catedral de Santo Antonio.