quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Memórias de Garanhuns (28): Cantor Waldir Mansur Custódio

Waldir Mansur.
Waldir Mansur Custódio, nasceu em 04 de julho de 1955, na cidade de Maceió. Filho de Juvenal Custódio da Silva e Terezinha Mansur Custódio. Aos 7 anos de idade veio morar em Garanhuns, lugar que amava. Foi aluno do Colégio Diocesano de Garanhuns, onde cursou o Ginásio.  Cursou o 2º Grau no Colégio Presbiteriano Quinze de Novembro, terminando em Recife, onde recebeu o diploma de Contabilidade.

Segui para o Rio de Janeiro, para trabalhar no campo da música e fazer faculdade, diplomando-se em Administração de Empresas, pela SOMLEY do Rio de Janeiro.

Quanto a sua vida musical, sentia-se orgulhoso em revelar que teve suas primeiras aulas de violão, no SESC de Garanhuns com o professor Neco. Tomou gosto pela música, sendo portador de uma facilidade incrível de manusear o violão.

Iniciou sua carreira musical como guitarrista no Grupo Gentleman de João Pessoa, substituindo Zé Ramalho, que havia saído para tocar com Alceu Valença. O mesmo participou de vários festivais, entre eles: Festival dos Festivais da Rede Globo e Festival de Inverno de Garanhuns, por duas vezes, (1ª e 4ª edições).

Waldir Mansur, também foi proprietário de vários estabelecimentos, em Recife, Podium, Travessia e Trago Viola. Nesse último, ao terminar um de seus shows, compôs "Cheiro de Cio", uma de suas canções mais conhecidas. Na sua grande obra musical, estão algumas composições em parcerias, dentre elas; com Tête Mansur, sua mãe, e os amigos Dicinho, Accioly Neto e Carlos Janduy, este último, residente em Garanhuns. Lançou dois discos pela Polydisc: "Cheiro de Cio" e "Sonhos de Um Cantor". Vários artistas gravaram músicas de autoria de Waldir Mansur.