III BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO AGRESTE

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Memórias de Garanhuns (22): Padre Matias Lemmes

Padre Matias Lemmens.
Nasceu em 24 de agosto de 1913. O Padre Matias chegou ao Brasil, na cidade de Água Preta, em nosso estado, em 1947, transferindo-se um ano após para Garanhuns, onde permaneceu até 1971, desenvolvendo em todo este período uma gama de benefícios aos garanhuenses, sobretudo no campo social. Fiel aos princípios nobres de sua Congregação "Sacerdotes do Sagrado Coração". 

O Padre Matias não fugiu aos sacrifícios, e, de pronto, fez surgir um modesto Centro Social, tendo como patrono o Padre Leão Dehon, fundador da Congregação a qual pertencia, construída ao lado da Igreja Matriz da Boa Vista, em 1950, espalhando por todo o tempo as bençãos da caridade evangélica e dando lenitivo às dores materiais e espirituais de todos os que o procurassem. Sempre procurando expandir suas pretensões de fazer o bem, este espírito humanístico resolver ampliar o Centro em uma maternidade.

Com o mesmo propósito, de 1952 à data da fundação, 15 de outubro de 1961, o "Pastor das crianças desvalidas de Garanhuns" enfrentou as mais duras penas para por em prática sua resolução, desde o engavetamento de projetos de alguns vereadores que pensavam em ajuda-lo até estafa de outros batalhadores em sua luta, mas conseguiu erguer a bandeira da vitória e deixar, principalmente após a sua morte, sementes que ainda precisam ser cultivadas, mas que teimam em perdurar e dar bons frutos. Faleceu em 1985.