segunda-feira, 8 de agosto de 2016

GARANHUNS FOI O PRIMEIRO CENTRO CAFEEIRO DE PERNAMBUCO

Fazenda de Café da época no Distrito de Brejão.

Alguns números da produção de café em Pernambuco segundo o Almanaque de Garanhuns de 1937.

Dos 53.122.900 cafeeiros (pés de café) existentes em Pernambuco, Garanhuns ocupava lugar de destaque.

Garanhuns possuía na época 2.361 cafeicultores com 2.444 propriedades.

Na época os centros mais importantes da lavoura do Café em Pernambuco:

Garanhuns: 14.077.000, pés de café
Bonito: 5.986.500, pés de café
São Vicente: 4.234.000, pés de café
Bom Conselho: 4.010.500, pés de café
Bezerros: 3.379.500, pés de café
Canhotinho: 2.593.500, pés de café
Belo Jardim: 2.231.000, pés de café
Caruaru: 2.161.000, pés de café
São Joaquim: 1.790.000, pés de café
Correntes: 1.680.000, pés de café
Queimadas: 1.560.800, pés de café
Angelim: 1.539.000, pés de café
Frei Caneca: 1.525.000, pés de café
Fonte: Almanaque de Garanhuns de 1937.

Nenhum comentário:

Postar um comentário