The 3 Week Diet

domingo, 3 de julho de 2016

RUAS, PRAÇAS E VILAS DE GARANHUNS NA ÉPOCA DA HECATOMBE (1917)

PRÉDIO DA CADEIA ONDE OCORREU A HECATOMBE DE GARANHUNS. (HOJE FUNCIONA A COMPESA).
O prédio da cadeia foi construída em 1904 no governo do prefeito Tenente-coronel Francisco Veloso da Silveira, ficando localizada na Praça da Independência (atual Praça Irmãos Miranda).









Por Cláudio Gonçalves de Lima

RUAS

13 de Maio
15 de Novembro
Boa Vista 
Concordia (Manuel Borba)
D. José (Bela)
D. Luiz
General Dantas Barreto (antes chamada de Senador Rosa e Silva)
Horta
Imperatriz (Santos Dumont)
Independência (Cabo Cobrinha)
Jardim (Joaquim Nabuco)
Jatobá (Melo Peixoto)
Joaquim Nabuco
Matança (Tomás Maia)
Padre Pedro
Prazeres/Recife (Dr. José Mariano) 
Rio Branco (Também chamada Aurora e Areia)
Santo Antônio
São Francisco
São Miguel 
São Sebastião
São Vicente 
Sete de Setembro
Severiano Peixoto (Cajueiro)
Travessa da Cadeia (Praça Irmãos Miranda e Cabo Cobrinha). 

Vila Maria
Vila Regina
Comunidades Quilombolas.

PRAÇAS

Independência (Praça Irmãos Miranda)
Conceição, Comércio e Santo Antônio (Avenida Santo Antônio) 
Martins Junior
Coronel Jardim (Praça Jardim). Foi criada em Homenagem ao Juiz de Direito Luís Afonso de Oliveira Jardim, falecido em 1905.
Fonte: Livro de Imposto Predial de 1917 – Arquivo Público de Garanhuns e texto do Escritor Igor Cardoso – Observando Caruaru – Publicado na Revista de História Municipal Nº 11/ dezembro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário