sexta-feira, 8 de julho de 2016

HÁ 102 ANOS NASCIA DOM FRANCISCO EXPEDITO LOPES 5º BISPO DE GARANHUNS

Dom Francisco Expedito Lopes, nasceu em 8 de julho de 1914, no Sítio Jerusalém, Vila de Meruoca, no município de Sobral-CE, de família pobre, o pai era pedreiro e teve na infância, forte educação cristã. Assim despertou-lhe o desejo de ser padre. Dom José Tupinambá de Frota, Bispo de Sobral, em vista de "seus predicados de inteligência viva e de piedade bem pronunciados", recebeu-o no seminário, sem ônus para a família. Após o curso preparatório, foi enviado ao seminário de Fortaleza para cursar Filosofia. Três anos depois, iniciou o curso teológico. Já no primeiro ano "revelou salientemente sua rara inteligência o que lhe valeu ter sido enviado a Roma para continuar seus estudos". Na Universidade Gregoriana, onde chegou em 1936, além dos estudos teológicos, especializou-se em Direito Canônico.

Em 30 de outubro de 1938, o filho de Edésio e Noemi Lopes recebia, em Roma, a unção sacerdotal. De volta à diocese de Sobral, exerceu durante dez anos o cargo de secretário do bispado e professor do seminário. É dessa época o depoimento do Padre Marques: Expedito era a alma do Seminário. Quem tivesse qualquer problema ou aperto, ia ao Expedito. Era lealdade em pessoa; não tinha quem tivesse queixa dele. Franco, leal, caritativo, era só ele".
Criada a diocese de Oeiras, no Piauí, foi o Padre Expedito escolhido pelo Papa Pio XII para seu primeiro diocesano. No dia 12 de dezembro de 1948, na Catedral de Sobral, receberá as insígnias pontificais. O Bispo sagrante, após ungir-lhe a cabeça com o Santo Crisma e entregar-lhe o livro do Evangelho, colocara o anel em seu dedo anular da mão direita, dizendo: "Recebe este anel, símbolo da fé". Impusera-lhe a mitra e finalmente passara a suas mãos o báculo, símbolo do serviço pastoral. Terminada a cerimônia Eucarística, concelebrada por Bispos e Presbíteros, últimos acortes do Te Deum ainda suspenso na nave da igreja, o novo Bispo pronunciou as invocações da bênção, e traçando o sinal da cruz sobre o povo, abençoou-o "in nómine Patris et Fílü et Spíritus Sanct". Responderam "amen".

Expedito Bispo, "administrador da graça do sacerdócio supremo". Escreve Frei Romeo Peréa no livro Dom Expedito - Bispo e Mártir: "Um novo Bispo significa mais um centro de civilização cristã, ao mesmo tempo que um novo foco de verdadeiro progresso humano".

No dia 24 de agosto de 1954 é transferido para a diocese de Garanhuns, tomou posse em 11 de fevereiro de 1955.

O jornal A Resistência descreveu "a chegada do novo titular da diocese, S. Excia. Dom Francisco Expedito Lopes, precisamente às 16 horas, acompanhado dos Exmos. Bispos Dom Paulo Hipólito e Dom Raimundo.

Às 16h30 recebeu das mãos do Dr. Celso Galvão, chefe do Poder Executivo Municipal, a chave simbólica do município, debaixo de grande salva de palmas. Às 17 horas foi sua chegada ao palácio episcopal".

Prefeito, juiz, promotor, delegado, coletor estadual, comitiva de padres, monsenhores, vigários de todas as paróquias assistiram ao Dr. Mário de Souza Matos saudar o Bispo em nome da cidade.

Perfilados frente ao palácio, representações dos Colégios Diocesano e Santa Sofia. Sob a regência do maestro Luiz Figueiredo, a tradicional Banda de Música 2 de Março.

Dom Expedito Lopes "fez uma belíssima oração agradecendo a toda Garanhuns a maneira tão carinhosa com que era recebido em seu seio" e às 19h30, das mãos de Monsenhor José Anchieta Callou, Vigário capitular da diocese, recebeu o compromisso de posse no cargo de chefe supremo da diocese". No dia seguinte, às 8 horas, na Catedral de Santo Antônio, missa pontifical marcava o início do breve episcopado de Francisco Expedito Lopes.

Instaurare omnia in Christo. No brazão do novo Bispo, a inscrição convida à restauração em Cristo. Cristianizar tudo, o lema do diocesano recém-chegado.

Fonte da Pesquisa: Livros " A Bala e a Mitra" de Ana Maria César e Monsenhor Adelmar da Mota Valença Vida e Obra - Centenário de Nascimento 1908-2008 das Irmãs Cândida Araújo Corrêa e Maria Mirtes de Araújo Corrêa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário