quarta-feira, 1 de junho de 2016

PRIMEIRA DIRETORIA DA SOCIEDADE DE CULTURA DE GARANHUNS

Foto: Cine Teatro Glória.
por Alberto da Silva Rêgo

Reuniu-se no dia 15.06.1935 no Teatro Cine Glória, a fim de dar posse a sua primeira diretoria. A iniciativa da formação da "Cultura" partiu de Miguel Jasselli, teatrólogo, jornalista e professor do "15", que conseguiu a adesão dos egressos da Arcádia Dramática (1908) e Grêmio (1922). 

Diretoria de Honra:

Presidente - Euclides Dourado
Vice-Presidente - Alfredo Leite
Secretário - Dario Rêgo
Vice - Ivo Júnior
Orador - Edmundo Jordão
Diretoria Efetiva:
Presidente - Miguel Jasselli
Vice-Presidente - Péricles Santos
Secretário - Amadeu Aguiar
Vice - Luís Nunes
Orador - J. Domingos da Fonsêca
Tesoureiro - Luís Schetti
Diretor de Cena - Tranquilino Viana
Arquivista - Rafael Gouveia
Conselho Fiscal - Manoel Gouveia, J. Barros Correia, Arnóbio Pinto e Dorval Santos.

Dizia Miguel Jasselli (Diário, junho,1937) "Conclamo a Sociedade Garanhuense a compartilhar do corpo cênico da "Sociedade de Cultura" igual ao que vem acontecendo em outras cidades como Palmares, Vitória e Ribeirão. "E termina". "Falta pendor para a arte dramática ou é o preconceito reinante na Sociedade Garanhuense".

Em outra crônica diz Miguel Jasselli: Eureka, pois o corpo cênico está se firmando: Elesbão, Matias, Manoel e Rafael Gouveia, Ermilo Borba Júnior, Alfredo Leite, José Cordeiro, José Alves de Souza, Eliel de Barros, Maria Tude de Melo, Ione Lins, estão firmes nos ensaios cênicos".

A estréia da Cultura foi realizada com a peça "Um sonho Que Viveu" de Miguel Jasselli, levada à cena no Cine Glória, com absoluto êxito.
Fonte da Pesquisa: Livro "Os Aldeões de Garanhuns" de Alberto da Silva Rêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário