terça-feira, 31 de maio de 2016

MAIS DE 32 MIL GARANHUENSES PRESTIGIARAM O REVEZAMENTO DA TOCHA OLÍMPICA


Faltando exatamente 100 dias para as Olimpíadas do Rio 2016, a Tocha Olímpica passou na tarde desta segunda-feira (30) em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco. A chama foi acesa por volta das 14h47min, em um dos cartões postais mais importantes da cidade, o Relógio de Flores. No local, reisados de Garanhuns já aqueciam o público que aguardava ansioso o revezamento da tocha no município. De acordo com a Polícia Militar (PM), aproximadamente 32 mil garanhuenses acompanharam o percurso pelas principais vias da cidade.

Com 80 anos de idade, dona Zélia Moraes foi uma das milhares de pessoas que estiveram desde o início acompanhando a celebração. “Muita emoção em estar aqui, é uma honra. Toda a cidade está nessa expectativa. Com essa idade toda eu nunca vi algo assim. Muito bom para a nossa cidade, algo histórico que fiz questão de fazer parte”, afirmou a aposentada.

O garanhuense responsável por iniciar o percurso conduzindo um dos símbolos esportivos mais importantes do mundo foi o atleta paraolímpico Denivaldo Ramos, ele recebeu a chama da aluna da Escola de Aplicação Maria Rhayssa. Ao todo, foram 15 pessoas condutoras da chama olímpica, além de Denivaldo, sendo eles: Luiz Batista, Narclébio do Amaral, Felipe Lima, Ademir Santos, Mariane Araújo, Gustavo Messias, Luiza Branco, Ítalo Cavalcanti, Hand da Silva, Jaeffson da Silva, Gilberto Pantoja, Carlos Tevano, José Araújo, Allysson Brasil e Gonzaga de Garanhuns – em ordem do revezamento.

Com o público bem participativo e empolgado acompanhando todo o momento histórico para o município, o último condutor, seu Gonzaga de Garanhuns, recebeu a tocha das mãos do nadador Allysson Brasil, no centro da cidade. Na Catedral de Santo Antônio, a Orquestra Manoel Rabelo deu um brilho a mais ao evento, entoando clássicos musicais do esporte no momento da passagem da tocha.

Considerado um dos maiores ícones do município pelo sua história e engajamento cultural, Gonzaga de Garanhuns, que é cordelista e mestre de reisado, emocionado, falou sobre seu sentimento em ter sido escolhido para conduzir a tocha. “Estou tão feliz, tão gratificado, tão emocionado. Eu não tenho nem palavras para dizer. É tanta emoção que eu não sei nem explicar’’. Gonzaga de Garanhuns seguiu com a tocha até a Praça Cultural Mestre Dominguinhos, onde foi instalado o palco da celebração. No local, o prefeito Izaías Régis agradeceu ao povo de Garanhuns por ter abraçado o momento. “Estou muito feliz por essa linda festa e só tenho a agradecer. Essa é a cidade que a gente ama, e essa é a tocha da liberdade, a tocha da união entre todos os povos do mundo”, enfatizou o gestor.

O medalhista olímpico do vôlei brasileiro, Giovani, desfilou no comboio por Garanhuns. A comemoração foi encerrada com um show do cantor garanhuense Nando Azevedo, com repertório que contou com músicas de Luiz Gonzaga. A chama olímpica seguiu destino para o município de Lajedo, Agreste pernambucano. 
Fonte: Secom/PMG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário