sexta-feira, 8 de abril de 2016

GARANHUNS CONQUISTA PRIMEIRO LUGAR NO NORDESTE EM PROJETO DE SAÚDE

Por Ruthe Santana


O município de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, conquistou o primeiro lugar em todo o Nordeste na primeira modalidade do Prêmio InovaSUS - Gestão da Educação na Saúde. A premiação identifica, valoriza e premia experiências inovadoras implementadas pelos governos estaduais, municipais e do Distrito Federal; consórcios públicos e fundações públicas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto foi intitulado como “Residência em Saúde do Campo: ressignificando saberes e práticas entre trabalhadores e movimentos sociais”.

O projeto de Garanhuns, idealizado pela coordenação da Residência Multiprofissional em Saúde da Família com ênfase na Saúde do Campo – realizado em parceria com a Secretaria de Saúde, junto à Escola de Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE), é uma proposta de formação e acompanhamento pedagógico para os preceptores desse programa. A qualificação desses profissionais tem como objetivo central oferecer subsídios para o fortalecimento da relação teoria e prática, possibilitando que as reflexões e o aprofundamento teórico orientem a prática dos preceptores e tutores enquanto educadores.

O secretário de Saúde de Garanhuns relembra que a Residência Multiprofissional em Saúde da Família com ênfase na Saúde do Campo é uma experiência pioneira no país. “Já somos muito satisfeitos por termos em Garanhuns essa residência, que representa um passo muito grande do Governo de Izaías Régis na busca por essa aproximação dos serviços de saúde com a população do campo, sanando uma dívida histórica com essas pessoas. E saber que conseguimos conquistar o primeiro lugar em toda a região Nordeste em um prêmio dessa categoria é, sem dúvida, motivo de grande alegria para todos nós”, comemora Alfredo de Góis.

O projeto foi criado na perspectiva de que a ampliação do acesso de atenção à saúde não se refere apenas à implementação de serviços e profissionais em territórios do campo, mas, sobretudo, a pensar em um cuidado em saúde que seja referenciado nas especialidades e necessidade dessas populações, respeitando as particularidades de cada sociedade. Essa proposta irá favorecer ainda mais essa residência em Garanhuns, que é a primeira do país a ser voltada especificamente para a população do campo.
Fonte: Secom/PMG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário