Wednesday, March 30, 2016

GARANHUNS REALIZA VI SEMANA DO AUTISMO



Por Ruthe Santana


O município de Garanhuns, no interior de Pernambuco, está realizando a 6ª edição da Semana do Autismo. O tema da mobilização, neste ano, que acontece entre os dias 28 de março e 3 de abril, é “Conhecer para compreender”. O objetivo das ações é levar a população a conhecer mais sobre a criança e pessoa autista e discutir o assunto para conscientizar o máximo de pessoas possíveis sobre a atenção ao assunto.

Desde do último dia (28), diversas palestras estão sendo ministradas em escolas municipais e outras instituições de Garanhuns e cidades vizinhas. A programação de palestra segue até a próxima quinta-feira (31). No dia 1° de abril, acontecerá a 3ª caminhada de conscientização em relação ao tema. A concentração será às 9h, no Parque Euclides Dourado, e o trajeto segue pelas principais avenidas da cidade até o Espaço Colunata, no Centro. Ainda no Espaço Colunata, no dia 2 de abril, será realizada uma mobilização, com exposição de banners e entrega de panfletos informativos.

Encerrando a programação da Semana do Autismo, no dia 3 de abril, será realizado um dia de diversão para crianças autistas e seus familiares, com brincadeiras e acomodações sensoriais. Nesse dia, as atividades serão realizadas em duas etapas. A primeira turma contará com atividades pela manhã e outra no período da tarde. Aproximadamente 50 crianças irão participar dessas atividades, que acontecerão no Espaço Educativo, na avenida Agamenon Magalhães. As crianças poderão se divertir também com pula-pula, cama elástica e piscina de bolinhas, por exemplo. As inscrições foram preenchidas previamente.

A coordenadora da campanha em Garanhuns, Rennata Amorim, é mãe de uma criança autista e fala sobre a importância da mobilização para o município. “A realização dessa campanha todos os anos em Garanhuns é de suma importância, na qual pode contar também com a participação de cidades vizinhas, para entender a real necessidade de conscientização da sociedade a respeito do autismo, pois quanto maior o conhecimento, menor é o preconceito. O conhecimento combate o preconceito”, comentou a coordenadora.

Diagnóstico – O autismo afeta diretamente a capacidade de se comunicar, o comportamento e a socialização. O diagnóstico do autismo é realizado a partir da observação do comportamento do indivíduo, ainda criança. Fatores como brincar ou usar brinquedos de forma incomum, possuir dificuldade de se relacionar com pares da mesma idade, hiperatividade ou muita passividade, choro ou risadas em momentos inapropriados, excesso de sensibilidade ao escutar alguns sons, entre outros, podem constituir o diagnóstico.
Fonte: Secom/PMG.

No comments:

Post a Comment