sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

QUERO VOLTAR A GARANHUNS




Marcílio Reinaux

Quero voltar ao tempo de menino,
Às ladeiras de Garanhuns.
Ao aconchêgo de minha mãe,
Sentar no colo do meu pai.

Quero correr na Rua do Recife,
Descer ao Sítio da Vila Maria,
Subir no Alto do Magano,
Dormir na noite do frio serrano.

Quero colher as pitangas e jaboticabas;
Comer os pirins e as goiabas,
Araçá, Pitomba, Pinha e
"Maracujá-de-macaco".
Pulando as cercas e pés descalços,

Quero ver a menina de trança do Santa Sofia,
Vestir a farda do Ginásio Diocesano,
Engraxar meus sapatos para o desfile,
Desfilar garbosamente no 12 de outubro.

Quero ouvir a voz da professora Nísia Caldas
Fazer os deveres de caligrafia
Escrever as composições de quadros coloridos,
Fazer gozação com o porteiro "Meu Lôro".

Quero brincar puxando carrinhos na rua,
Rodar rodas de pneus vazios,
Esticar "badoques" para os passarinhos.
Tomar leite fresco na fresca manhã.

Quero ver meus amigos de então:
Edelson Dourado, Angelo Gouveia, Saló,
Flávio Matos e tantos outros,
Comigo correndo para a feira.

Quero rever a minha madrinha Beatriz,
Dela receber os cruzados e tostões...
Correr para a Feira e comer alfinin
Visitar a Tolda de Tia Salú e seu Xiquinho.

Quero ver o vendedor de passarinho,
A feira da "Feira do Troca-troca",
Ver o barbeiro da barraca tosca.
E o "homem da cobra" cantando milagres,
Quero comer as sobremesas domingueiras de Alcione,
Gritar, espernear, torcer nos seriados do Cinema Glória(foto),
Ver outra vez: Timacoy, Buster Crabre, Jone Maque Brone,
e o famoso Flash Gordon, não menos que o Capitão Mefisto.

Quero ver o sorveteiro que gritava de longe,
Comer amendoim, picolé, na porta do cinema,
Cumprimentar Dona Dulcinha e Dona Elisa.
Ver os senhores conversando no Café Glória.
Querer rever os amigos do meu pai:
Adalberto Azevedo, Anísio Pinto, os Koury,
Os Vitalino, os Vilela, os Branco, os Maia
Diletieri, Pereira, Manoel Gouveia e outros.

Quero ver ainda: Pipe Dourado, Seu Leite Espiridião,
Dona Loló, Seu "Xixi da Música",
Manoel Fogueteiro, "Pola", "O Mudo da Estação",
Dr. Mario Matos, Dr. Tavares Correia e Dr. Godofredo.

Quero ver também:
O Monsenhor Callou, o Padre Adelmar,
Padre Tarcísio da Rua da Areia, o pequeno-grande,
Padre Godoy, O Bispo Dom Mário Vilas Boas,
Meu tio Sebastião Moura e o Bispo Dom Moura.

Quero colher rosas, as dálias, as violetas;
Sentir o suave perfume do "Amor-Perfeito" e margaridas.
Descer ao Pau-Pombo
e rever a obra ecológica de
Ruber van der Linden: canteiros, árvores, a natureza.

Quero escutar o apito distante do trem chegando,
A máquina resfolegando, bufando, cantando nos trilhos.
A manobra na "rotunda" e o "mucêgo" dos meninos.
O trem virando e voltando para o Recife.

Quero voltar a Garanhuns
Cobrir-me com o capote serrano debaixo do frio.
Voltar ao aconchêgo da minha mãe,
Sentar no colo do meu pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário