domingo, 13 de dezembro de 2015

FATOS CURIOSOS NA POLÍTICA DE GARANHUNS

Coronel  Francisco Figueira.

Humberto Alves de Moraes


A disputa pela Prefeitura de Garanhuns, entre o Deputado Elpídio Branco, que concorria pelo PSD, e o Coronel Francisco Figueira pela UDN, estava em clima de forte tensão. Os votos estavam sendo disputados palmo a palmo, tendo ocorrido muitos atritos entre simpatizantes dos dois políticos, inclusive com autoridades policiais que estavam abertamente ao lado do candidato PSD (Elpídio Branco).

A UDN promovia um grande comício na rua Julião Cavalcanti, bairro do Magano, quando surgiu o Delegado de Polícia acompanhado de uma patrulha, aumentando o clima de tensão. A reação dos principais líderes que estavam no palanque se fez sentir de imediato. Estava discursando o Professor Uzzae Canuto, um dos melhores oradores desta terra. Quando se esperava que ele criticasse a polícia, como desejavam alguns partidários, em face da presença ostensiva e antidemocrática do Delegado, ele passou a agradecer aquela autoridade, dizendo que a eleição do Coronel Figueira estava vitoriosa. Pois, até o delegado de Polícia havia aderido. Nessa altura surgiram muitos aplausos e a intensão do oficial da polícia era mesmo esvaziar o comício da oposição, saiu pela culatra. Coronel Figueira saiu vitorioso.
Fonte: Jornal "O Monitor".

Baú Cultural:  Nasce em 25 de dezembro de 1867 no Recife, Pernambuco o Sociólogo Manuel de Oliveira Lima. Morreu em  Washington, Estados Unidos, em 31 de maio de 1928.

Nenhum comentário:

Postar um comentário