sábado, 10 de outubro de 2015

RETRATO INÉDITO DO IMPERADOR D. PEDRO II É EXPOSTO NA EMBAIXADA DO BRASIL NA FRANÇA

O retrato de D. Pedro II adquirido pela Sociedade de Amigos do Museu Imperial em junho durante leilão realizado na Casa Collin Du Boccage, em Paris, para ser incorporado ao acervo do Museu Imperial/Ibram, está exposto na galeria de honra da Embaixada do Brasil na França.

O desenho datado de 1841, crayon sobre papel, medindo 21,5 x 16,8cm, e que retrata o segundo imperador do Brasil de perfil, em traje civil, portando insígnia e placa da Imperial Ordem do Cruzeiro do Sul, foi destaque da última edição da revista Brésil Culture, publicada pela embaixada, em Paris. A obra pertenceu à coleção da família real francesa e, muito provavelmente, foi oferecida no leilão por herdeiros da princesa D. Isabel de Orleans e Bragança, bisneta de D. Pedro II, e condessa de Paris por casamento com Henrique de Orleans, chefe da casa real francesa.

Maurício Vicente Ferreira Junior, diretor do Museu Imperial, afirma que “as características da obra sugerem que o retrato tenha sido produzido como um estudo para a elaboração de uma medalha ou moeda, não executadas, no contexto celebrativo da coroação e sagração do jovem imperador, em 1841.

A oferta da peça em leilão foi informada ao Museu Imperial pelo Setor Cultural da Embaixada do Brasil na França, que ainda acompanhou toda a operação desde Paris.  Sensibilizado com o esforço do Setor Cultural da Embaixada, o Diplomata Achilles Emilio Zaluar Neto, então Ministro-Conselheiro da Embaixada, resolveu doar ao Museu Imperial a ilustração publicada no suplemento ilustrado do Petit Journal, de 26 de dezembro de 1891, que documenta as exéquias do imperador d. Pedro II, em Paris. O documento encontra-se exposto ao lado do retrato do imperador.
Fonte: Portal do IBRAM.

Apoio Cultural:


Nenhum comentário:

Postar um comentário