domingo, 21 de junho de 2015

AS HISTÓRIAS DO RADIALISTA JOSÉ ARAÚJO LEITE (PAJEÚ): O MATUTO NO FUTEBOL

           


Em 24 de novembro de 1990, falecia vítima de um trágico acidente automobilístico o radialista Pajeú, autor de várias poesias matutas, que lhe credenciaram como um dos mais conhecidos comunicadores do interior do Estado. Querido pelo homem do campo, Pajeú acordava a população de Garanhuns e do Agreste com o seu programa de rádio, apresentado diariamente pela Rádio Meridional, hoje emissora pertencente ao grupo Record de comunicação.

Garanhuns chorava com o silêncio de Pajeú. Bastante sentimental e dono de um poder de fazer o ouvinte chorar com as emoções de suas poesias, Pajeú deixou saudades em todos os recantos da cidade. 
Texto: Jornalista Fernando Rodolfo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário