quinta-feira, 7 de maio de 2015

PETROBRAS RECEBE PRÊMIO INTERNACIONAL POR EXPLORAÇÃO DO PRÉ-SAL.


A Petrobras recebeu, no domingo (3), um prêmio pelo desenvolvimento tecnológico na extração de petróleo em águas profundas. O prêmio OTC Distinguished Achievement Award for Companies, Organizations and Institutions, considerado mais importante que uma empresa de petróleo pode receber na qualidade de operadora offshore, foi entregue em uma cerimônia em Houston, nos Estados Unidos.

A diretora de Exploração e Produção, Solange Guedes, recebeu a premiação durante um jantar promovido pelo evento, considerado o maior do mundo para o setor. Em seu discurso, Solange destacou a importância do prêmio para o corpo técnico e da parceria com sócios, fornecedores e comunidade acadêmica.

“A exploração e produção do pré-sal tem sido uma missão desafiadora, que estamos desempenhando em estreita colaboração com nossos parceiros, com os fornecedores e com a comunidade técnica e científica”, afirmou Solange, durante a cerimônia. Este prêmio é resultado do trabalho conjunto, baseado em uma ampla rede de cooperação”, disse.

Solange observou que o pré-sal já responde por mais de 20% da produção de petróleo no País, oito anos após sua descoberta, e enumerou tecnologias que levaram à conquista do prêmio. A executiva destacou que todo o dióxido de carbono produzido no pré-sal está sendo reinjetado. “Com isso, evitamos a emissão de um milhão de toneladas de CO2”, contabilizou, lembrando que a iniciativa aumenta o volume de petróleo extraído dos campos.

A diretora lembrou os desafios trazidos pelo pré-sal, localizado a 300 quilômetros da costa, sem infraestrutura instalada na época da descoberta, com profundidade total de até 7.000 metros e espessa camada de sal. “Este cenário representava uma grande oportunidade para desenvolver tecnologias viabilizadoras junto com a indústria. Percebemos que seriam necessárias soluções inovadoras para extrair petróleo destes campos de maneira segura, rentável e ambientalmente sustentável”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário