quarta-feira, 22 de abril de 2015

CIENTISTAS DESCOBREM GENE DA TRAIÇÃO E SEXO CASUAL.

Gene da infidelidade está presente em uma a cada quatro pessoas.


Por Carol Patrocínio

Alguns de nós, humanos, têm um gene chamado DRD4. Esse gene faz com que a pessoa seja mais livre. É comum em pessoas que buscam emoções fortes, gostam de situações nunca vividas, têm uma posição política liberal e, de acordo com um novo estudo, não se dão muito bem com a monogamia.

O estudo, realizado por por cientistas de três universidades dos EUA, liga o tal gene à infidelidade e ao sexo sem compromisso. Para chegar a esse resultado foram analisadas informações do DNA e os históricos da vida sexual de 181 pessoas. 

A conclusão é que quem tem o DRD4 é duas vezes mais propenso a encarar sexo sem compromisso como algo normal – acho que tenho esse gene porque não consigo entender como sexo casual poderia ser um problema. Além disso, metade do grupo que tem esse gene no corpo assumiu já ter traído.

Traição: perdoar ou seguir a vida sozinha?

A explicação científica é de quem tem esse gene busca mais a recompensa rápida, como a liberação de dopamina. Essa substância é liberada em maior quantidade quando você liga o ato a um risco. Como comer chocolate quando se está de dieta.

Você está pronta para um relacionamento aberto?

Mas nada disso é desculpa para trair e achar que está tudo bem. O gene pode influenciar o interesse por outras pessoas mesmo quando você está em um relacionamento, mas é você quem decide se vai ser uma pessoa decente e honrar o compromisso ou se vai jogar tudo na lama por um pouquinho de emoção.

Quantas pessoas você ama ao mesmo tempo?

Trair não é certo – acontece nas melhores famílias, mas não é certo – e não precisa acontecer. Se você não consegue ficar com apenas uma pessoa, busque um relacionamento aberto ou não monogâmico. Mas não esqueça que todos os tipos de relacionamento pedem responsabilidade afetiva, afinal, você é, sim, responsável pelo que cativa. Escolhas…
(Fonte: Portal Yahoo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário