quinta-feira, 26 de março de 2015

RECORDANDO A LANCHONETE DE MIRABÔA.

1º de Março de 1968 - Mirabôa Machado Pinto, Cantor
Orlando Silva (centro) e Maurício Acioly.

A lanchonete do Mirabôa ficava na esquina da rua Elias de Barros, em frente ao Cine Jardim e por lá Mirabôa Machado Pinto trabalhou por várias décadas fornecendo refeições rápidas, era uma lanchonete tipo "come-em-pé" que contava com uma grande freguesia.


Sempre estava cheia a casa, pois trabalhava com uma comida saborosa e com preços populares, havia de tudo na casa: cuscuz, macaxeira com carne de sol, leite, batata doce, pão com figado.

Cinema Jardim.

Era muito divertido como Mirabôa despachava os lanches. De repente vinha aquele grito: "Sai uma papa, depressa o rapaz vai para a faixa", "Sai um pão-na-serra com manteiga e um pingado".

Mirabôa Machado Pinto e Zenaide Barros.

Quando você pedia uma sopa ele perguntava se queria a sopa com jeep ou sem? "jeep" era um osso grande que Mirabôa mandava colocar na sopa e o freguês escolhia com ou sem jeep(osso).

                              

2 comentários:

  1. Issooooooo! Comi muito por lá, principalmente "pão cum môi" que era nada mais, nada menos que um pão francês com molho de galinha e algum miúdo ou um pé da galinha, rarará.

    ResponderExcluir
  2. Fui frequentador assíduo do bar de Mirabeau. Lá nos fundos do bar havia um recanto pequeno no qual ficávamos sentados, duas ou três pessoas batendo papo. Em frente, no prédio do cine Jardim havia um bar que vendia caldo de cana com pão doce, onde eu lanchava quase diariamente.

    ResponderExcluir