segunda-feira, 16 de março de 2015

COMO ERAM CONHECIDOS ALGUNS BISPOS DE GARANHUNS.

Nelson Paes Macêdo

Ficaram conhecidos com os adjetivos que tão bem os qualificaram, Dom Moura, "Um homem simples e bom"; Dom Paiva, "O Santo homem"; Dom Expedito Lopes, "O Bispo Mártir"; Dom Mário. "O grande orador"; Dom Juvêncio "O bom pastor"; Dom Adelino: Para ele, diversos adjetivos; "Bispo do Povo", "O Bom padre",  "A Caridade em Pessoa", e tantos outros, que credenciam ainda hoje aquele grande sarcedote que teve no coração do povo de Garanhuns. Dom Adelino, é a frase, que ainda não foi escrita.


Dom José Adelino Dantas - 1958-1967
"Bispo do Povo", "O Bom Padre",  "A Caridade em Pessoa"


Dom Francisco Expedito Lopes - 1954-1957
"O Bispo Mártir"

Dom Juvencio de Brito - 1945-1954
"O Bom Pastor".

Dom Mário de Miranda Vilas-Boas - 1938-1944

"O Grande Orador"

Dom Manoel Antônio de Paiva - 1929-1937
"O Santo Homem"


Dom João Tavares de Moura - 1919-1928
"Um Homem simples e bom".


3 comentários:

  1. As publicações de Anchieta merecem toda a admiração. São fruto de um trabalho de pesquisa que precisa ser estimulado, de modo a que não se percam episódios importantes da história de nossa Cidade. A juventude atual de Garanhuns, lamentavelmente, lê pouco e não demonstra maior interesse pelo história da cidade.

    ResponderExcluir
  2. As publicações de Anchieta merecem toda a admiração. São fruto de um trabalho de pesquisa que precisa ser estimulado, de modo a que não se percam episódios importantes da história de nossa Cidade. A juventude atual de Garanhuns, lamentavelmente, lê pouco e não demonstra maior interesse pelo história da cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela força meu amigo Flavio Lyra. Grande abraço.

      Excluir