The 3 Week Diet

Thursday, March 5, 2015

AÉCIO NEVES RECEBEU PROPINA DE FURNAS, AFIRMOU YOUSSEF EM DELAÇÃO PREMIADA


Informações obtidas pelo jornal Estado de S.Paulo dão conta de que  o doleiro Alberto Youssef teria afirmado em sua delação premiada que o senador Aécio Neves recebeu dinheiro fruto de propina de Furnas, estatal do setor elétrico.

Segundo as informações do jornal, que teve acesso à delação premiada, Aécio recebia o dinheiro por meio “de sua irmã”. Youssef, no entanto, não citou nomes e nem detalhes da operação. Aécio tem duas irmãs, Angela e Andrea, sendo essa última ex-funcionária do governo mineiro e da campanha eleitoral do irmão em 2014.

Ainda segundo depoimento de Youssef, o próprio doleiro afirma ter recolhido dinheiro de propina ligado à Furnas por cerca de dez vezes, além de afirmar saber que o então deputado federal Aécio Neves teria influência na diretoria da Furnas por meio de sua irmã, além citar que “de 1994 a 2001 o PSDB era responsável pela diretoria da Furnas”.

Responsável por entregar a lista de políticos citados por Youssef ao STF, Rodrigo Janot, procurador-geral da República, pediu o arquivamento das investigações sobre Aécio alegando falta de provas. Outros seis nomes também terão suas investigações arquivadas, entre eles o da presidente Dilma Rousseff.

Em comentário ao Estado sobre o arquivamento, Aécio se disse feliz com a "homenagem". Recebo como uma homenagem o arquivamento. Foram infrutíferas as tentativas de setores do governo de envolver a oposição na investigação”, afirmou ele.

Ainda de acordo com informações do Estadão, Aécio contratou o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para acompanhar o caso. Famoso por ter conseguido absolver o publicitário Duda Mendonça no caso do Mensalão, ele é considerado um dos maiores advogados criminalistas do Brasil e também foi contratado pelo ex-ministro Edison Lobão, que também está presente na lista de Janot.
(Fonte: Portal Yahoo)

No comments:

Post a Comment