quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

SEMENTEIRAS RESGATAM PRODUÇÃO DE FLORES EM GARANHUNS

Em pouco mais de dois hectares de terra, numa fazenda localizada na comunidade Várzea, em Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco, árvores e plantas ornamentais ganham vida. Numa área repleta de verde, com ar puro e nascente de água em volta, a produção de mudas volta a ganhar força no município. Um trabalho de resgate histórico, iniciado desde 2013, e que vem alcançando bons resultados nos últimos meses.

São produzidas, mensalmente, aproximadamente 20 mil mudas de mais de 80 espécies, entre elas: palmeira areca-bambu, palmeira imperial, petúnia, begônia, crótons, margarida e cravo. Três servidores, coordenados por Manoel Alves, trabalham desde o preparo do substrato – formado por estrume bovino, terra de barranco e areia –, plantio, até os cuidados diários com as belas espécies.

A primeira-dama, Socorro Régis, tem participado ativamente das ações. “É preciso destacar a colaboração de várias pessoas que acreditam no nosso trabalho e fazem doações para as sementeiras. O reflexo disso é a nossa cidade florida, cheia de beleza para ser aproveitada e principalmente fotografada”, comenta.

As mudas são destinadas para manter as praças, principais canteiros e atrativos turísticos revitalizados. A Prefeitura de Garanhuns vem desenvolvendo uma ação de paisagismo, nesses pontos, desde o ano passado. “Produzimos espécies mais adaptadas para sol e sombra, bem como plantas adequadas ao inverno e verão”, destaca o secretário de Agricultura, Epaminondas Borges Filho.
(Fonte: Secom/PMG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário