quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

ORANGOTANGOS SÃO VÍTIMAS DE PROSTITUIÇÃO NA ÁSIA

Por Vanessa Daraya



A prostituição de orangotangos é mais comum do que você imagina. Em alguns países da Ásia, as fêmeas são frequentemente encontradas acorrentadas e sofrem com graves abusos sexuais.

Em 2012, aconteceu o caso mais emblemático, quando a fêmea de orangotango chamada Pony foi encontrada raspada, lavada, perfumada e com batom nos lábios. Estava acorrentada a uma cama para permitir que clientes de um bordel no centro de Bornéu (Indonésia) pudessem abusá-la.

Libertar Pony não foi uma tarefa fácil. Em entrevista para a revista Taringa, a veterinária espanhola Karmele Llano afirmou que a equipe de resgate foi ameaçada com facas. Foi preciso de mais de 30 agentes da polícia para ajudar no resgate.

Depois de um período no centro de reabilitação da BOS, Pony foi levada à ilha fluvial Bangamat, onde vive com outros seis orangotangos. Bangamat é uma das três ilhas usadas para a reintegração dos macacos.

Infelizmente, a história de Pony não é um caso a parte. A prostituição de orangotangos é um problema generalizado não só em Bornéu, mas também na Tailândia. Muitas vezes, traficantes matam as mães para pegar os filhotes quando eles são muito jovens.

Orangotangos são encontrados na Ásia, em Sumatra e Bornéu. Segundo a associação Orangutan Conservancy, há apenas 20 mil orangotangos no mundo. Esse é um sinal de que o animal pode ser extinto em apenas 10 anos, caso continuem a acontecer casos como o de Pony. Segundo um relatório da associação, esta é uma das mais graves ameaças à sobrevivência da espécie, junto com o tráfico de orangotangos como animais de estimação.

A BOS realiza campanhas constantes de conscientização. Os interessados em doações em prol dos orangotangos podem acessar  a página no Facebook da organização. 
(Fonte: http://info.abril.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário