quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

GUARDA MIRIM E RONDA ESCOLAR SERÃO IMPLANTADAS EM GARANHUNS



Mais um projeto com foco na política de prevenção à violência em Garanhuns foi aprovado pelo Governo Federal. Desta vez, o planejamento terá como público-alvo os alunos das Redes Estadual e Municipal de Ensino. O projeto, idealizado pela Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), prevê a implantação do Conselho Municipal de Segurança Comunitária, Ronda Escolar e da Guarda Mirim de Garanhuns. A aprovação foi oficializada na 97ª reunião do Fundo Nacional de Segurança Pública, em Brasília (DF).

A Ronda Escolar irá funcionar com arte-educadores e guardas municipais capacitados, que abordarão, em sala de aula, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), ensinamentos de educação ambiental, bullying, educação para a convivência no trânsito, prevenção ao uso de drogas e respeito ao patrimônio público.

A Guarda Mirim será levada para os distritos de Iratama, Miracica e São Pedro. De acordo com a presidente da AMSTT, Ana Rossini, a ideia dessa iniciativa é acompanhar crianças que estejam em situação de vulnerabilidade social e com dificuldades em sala de aula. “Duas vezes por semana, após identificação da necessidade de cada aluno, eles participarão de atividades extraclasse, incluindo reforço escolar e conhecimento da cidadania”, detalha.

O Conselho Municipal de Segurança Comunitária, que vai para segunda votação na Câmara de Vereadores amanhã (05), servirá para debates e decisões sobre as temáticas que envolvem prevenção às drogas e melhorias da segurança. Ele deve ser composto por órgãos governamentais e não-governamentais, sendo assim, paritário. Todas as metas dos projetos da AMSTT contarão com as parcerias da Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Conselho Tutelar e Secretaria da Juventude para a execução.

O MJ informou que todos os empenhos, dos projetos aprovados pelas prefeituras do país, devem ser pagos até o dia 30 de dezembro deste ano. Após a chegada dos recursos, ações devem iniciar em Garanhuns no primeiro semestre de 2015.
(Secom/PMG)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário