sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

GONZAGA DE GARANHUNS - ESCOLA PROFESSORA ELISA COELHO MEIO SÉCULO DE UNIÃO E TRABALHO PELA EDUCAÇÃO

Literatura de Cordel (2014)




Falar de Elisa Coelho
Esta pessoa importante
Talentosa professora
De nome forte e possante
Nas terras de Garanhuns
Seu talento foi brilhante

Elisa Coelho era filha
Dum coronel respeitado
O coronel Joaquim Alves
Barreto Coelho citado
Homem público respeitável
Cidadão conceituado

Senhor de grande importância
Dum alto potencial
Ele era proprietário
Da nossa água mineral
A famosa Serra Branca
De marca nacional

Dona Belíssa Bezerra
Vasconcelos mãe ditosa
A mãe de Elisa Coelho
Exemplar e caprichosa
Que deu seu exemplo firme
De uma mãe carinhosa

Com ela mais quatro irmãos
Criados com disciplina
Três irmãos e uma irmã
Que se chamava Dulcina
Coelho, Arlindo e Everaldo
Dos Coelhos família fina

Coelho filho era poeta
Como também escritor
Everardo um dos eleitos
Da musa com grande amor
Arlindo grande flautista
De grandioso valor

Dulcina na sua época
Era uma grande pintora
E Elisa nem se fala
Era grande portadora
De largo conhecimentos
E uma exímia professora

Ela em mil e oitocentos
Setenta e nove nasceu
Aos dezenove de Agosto
Seu nascimento se deu
Nas terras de Garanhuns
Seu nascimento ocorreu (19/08/1879)

Dona Elisa Coelho foi
Figura intelectual
Foi poetisa e pintora
Pianista musical
E de Garanhuns família
Duma tradição legal

No ano de 17
Elisa Coelho fundou (06/03/1917)
A Escola Frei Caneca
Que pra cidade ficou
Um marco educacional
Com talento se formou

Essa escola Frei Caneca
Por ela foi dirigida
A professora Elisa Coelho
No decorrer da sua lida
Foi um padrão glorioso
Uma essência em sua vida

Querida por seus alunos
Muito amor lhes dedicava
Qual uma estrela brilhante
Na escola ela brilhava
E ainda mais Garanhuns
Dona Elisa sempre amava

Na Av. santo Antônio
Era então localizada
Onde é a Balangandã
Naquela época passada
Um pouco antes dali
Ficava sua morada

Ela viveu e morreu
Naquela vasta avenida
Ela estudou com seus pais
E mestres na sua vida
Lá ela se figurou
Em sapiência provida

Foi uma hábil aluna
Uma aluna grandiosa
Duma mestre de conceito
E muito mais talentosa
Uma aluna Elisa sim
Foi de dona Liliosa

Essa grande educadora
Teve sua formação
Prestando grande serviço
Serviço à educação
A educação de Garanhuns
Com talento e com ação

Bem por isto essa escola
A ela este nome dado
Foi em sua homenagem
Por seu serviço prestado
Prestado à educação
Por ela é tão dedicado

Trinta e oito anos de ensino
Foi sua dedicação
A mais de dois mil alunos
Ela deu a formação
Se tornando um grande marco
Um marco da educação

Antes onde era a cadeia
Esta da nossa cidade
Foi construída a escola
Uma escola de verdade
A escola Elisa Coelho
Aqui em nossa cidade

Neste lugar onde havia
Só angústia e dissabor
Transformou-se numa escola
De atuante valor
Da angústia para alegria
Da fúria para o amor

Do dissabor porque era
Um recanto de prisão
Da angústia e desespero
Da falta de formação 
Do inferno tornou-se céu
Mas amor e educação

Neste local tão visado
A cadeia foi demolida
Para um novo horizontal
A escola foi construída
Uma nova educação
Neste local foi erguida

A escola foi construída
Com este nome intitulado
Professora Elisa Coelho
Esse título lhe foi dado
Para que seu nome fosse
Por esta escola lembrado

Aos quatorze de Agosto (14/08/1964)
De sessenta e quatro então
Foi desta escola firme
A sua inauguração
Se tornando assim um marco
Potente da educação.

Literatura de Cordel
Rua Frei caneca, 602 - Heliópolis/Garanhuns-PE
E-mail: cordelgonzagadegaranhuns@hotmail.com
Telefone: (87) 9661-5389/ (87) 8128-6344

Nenhum comentário:

Postar um comentário