The 3 Week Diet

Wednesday, November 26, 2014

ALOÍSIO SOUTO PINTO


"Garanhuns é uma terra livre, nunca será do domínio de ninguém"
Aloísio Souto Pinto

Natural de Palmeirina, chega à cidade Serrana (Garanhuns), com o pai Ulisses e instala-se com uma casa comercial de tecidos na Rua Santo Antônio. Porém, o genitor não deixou de continuar atuando no comércio daquele povoado, indo ali "mascatear" nos dias de feira.

Aloísio Pinto no Diocesano cursou o Ginasial. Nas suas folgas, quando não estava ajudando o "velho", ia às bulhas de galo, no quintal de Chico Leal, ou então, ao gramado, defender as cores do América Futebol Clube (sócio-fundador), Onze, ou Santa Cruz, em cujas agremiações também participava das respectivas diretorias. Durante, algum tempo, foi Juiz de Partida de Futebol, respeitado pela sua atuação enérgica. 

Ingressando na função pública federal, no Ministério da Agricultura, no setor de Meteorologia, procurou não se limitar "à previsão do tempo", a lidar com altímetros, anemógrafos e a anotar os strato-cumulus e cumulus.

Enveredou para a política, sendo eleito vereador para a Câmara Municipal de Garanhuns, em que, sufragado para Presidente, chegou a ocupar o cargo de Prefeito, quando da ausência do titular. Destacando-se, entre os seus pares, venceu em pleito memóravel, as eleições para Prefeito Municipal, com votação consagradora(1959). Após uma profícua administração municipal, participa das eleições para o Legislativo Estadual, saindo vitorioso e no mandato de Deputado, sendo um líder atuante à batalhar pelos interesses da comunidade garanhunense.

Na sua cidade adotiva, em homenagem póstuma, há o Bairro Aloísio Pinto, criado no Governo de Amílcar valença(2ª administração).
(Fonte da Pesquisa Livro "Os Aldeões de Garanhuns" de Alberto da Silva Rêgo).

No comments:

Post a Comment