III BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO AGRESTE

sábado, 22 de novembro de 2014

GARANHUNS ALCANÇA QUARTO LUGAR NA MARATONA DE NEGÓCIOS PÚBLICOS

Foi encerrada no último dia (20), na cidade de Recife (PE), a Maratona de Negócios Públicos. O município de Garanhuns esteve representado por sua agente de Desenvolvimento, Priscila Belens, que também é servidora da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). A ideia do evento era aprimorar projetos inovadores de agentes de desenvolvimento local. Na classificação final, Garanhuns ficou em quarto lugar com o projeto “Incluir”, que é um Programa de Inclusão Produtiva e Segurança Sanitária.

A maratona teve início na terça-feira (18) e, durante esse período, Priscila teve a oportunidade de passar por capacitação, consultorias e mentoria de especialistas em gestão pública municipal. A Agente de Desenvolvimento, conta que ficou honrada em participar de um projeto inovador, principalmente por que o mesmo poderá trazer desenvolvimento para Garanhuns. “Com a ajuda de mentores e consultores de alta qualidade técnica, tive a chance de melhorar o projeto e este ficou entre os quatro melhores, em um universo de 101 inscritos. Agora, depois da maratona, meu compromisso é tirar do papel e transformá-lo em um caso de sucesso que possa ser aplicado em outros municípios”, disse.

A Maratona de Negócios Públicos foi organizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e pela Confederação Nacional de Municípios. Incialmente, 24 municípios foram selecionados, desses, seis foram escolhidos para apresentarem o projeto a uma banca avaliadora, e, ao final, três projetos foram vencedores - concorrendo a prêmios.

Incluir – O objetivo do projeto apresentado é desenvolver uma política social e econômica integrada, promovendo ações de inclusão produtiva, articulando a inserção no mercado de trabalho dos empreendedores informais, dos microempreendedores individuais, entre outros, aumentando, dessa forma, a capacidade de produção, dando também oportunidades de inserir seus produtos no mercado.
(Secom/PMG)