quarta-feira, 8 de outubro de 2014

ARRAIAL FUTEBOL CLUBE

Avenida Rui Barbosa

Com a finalidade de fundar uma sociedade esportiva no Bairro de Heliópolis, vários amadores de futebol, em 26 de fevereiro de 1953, realizavam reunião da qual resultou a fundação de Arraial Futebol Clube, que, em sessão de 5 do mês seguinte, elegeu e empossou a diretoria provisória assim composta: Presidente, José Cardoso da Silva; Vice-Presidente, Luís Gonzaga de Oliveira; 1º Secretário, 2º Secretário, Olímpio Ramos; Tesoureiro, João Pedro; Diretor de Esportes, Joel Fernandes; Comissão Fiscal, Wilson Soares, Luís Gonzaga de Brito e Álvaro Olímpio de Santana.

Em sessão de 16 de abril do mesmo ano, com o quadro social já elevado a 28 componentes, foi eleita e empossada a diretoria regulamentar, que se compôs do modo seguinte: Presidente, Oscar de Sousa Melo; Vice-Presidente, José Cardoso da Silva; 1º Secretário, Gerson de Sousa Lima; 2º Secretário, Leopoldino Cardoso Filho; 1º Tesoureiro, Afonso Branquinho; 2º Tesoureiro, Jaime Fernandes Vilela; Diretor Social, Luiz Gonzaga de Oliveira; Diretor de Esportes, Joel Fernandes.

Estes clube, que adotou como símbolo as cores branco e vermelho, alvi-rubra, sagrou-se vice-campeão na disputa do campeonato local de 1954 e, no seguinte ano, conquistou igual título com o time juvenil.

Em 1962, o seu quadro social se compunha de 240 sócios e a sua diretoria era assim constituída: Dr. Edval Lopes Monteiro, Presidente; Nelson Pereira de Lima, Vice-Presidente; Cláudio Branco e Valdeci Azevedo, respectivamente, 1º e 2º Secretários; José Alberto Galindo e Edelósio Fonseca, respectivamente, 1º e 2º Tesoureiros; Jairo Viana, Diretor de Esportes; Técnicos de Futebol do time juvenil de voleibol, de tênis de mesa, e de futebol de salão, respectivamente, José Eloi de Maria, Fausto Souto Maior Filho, Pedro Ivo, José Calado Borba e José Maria Silva.
Conselho Deliberativo: Gerson de Sousa Lima, Olímpio dos Santos Ramos, Jaime Lopes de Oliveira, João Pedro, Wilson Soares de Morais e Nelson Pereira de Lima.

As referidas sociedades, para o fim de zelar os interesses comuns e controlar as partidas de campeonatos, fundaram a 18 de março de 1935 uma entidade máxima, denominada Liga Desportiva de Garanhuns, filiando-se à Federação Pernambucana de Futebol e à Federação Pernambucana de Basquetebol, com a primeira diretoria composta dos seguintes sócios: Ivan Dourado Rodrigues, Presidente; Dr. João de Deus de Oliveira Dias, Vice-Presidente; Amaro Ferreira da Silva, Tesoureiro; Diocleciano Monteiro Guedes, Diretor de Esportes e Cláudio Alves de Morais, secretário.

Em 1962, a sua diretoria se compunha da maneira seguinte: Presidente, Gatão Barreto de Oliveira; Vice-Presidente, Ivaldo de Almeida; Tesoureiro, Luís Gonzaga de Oliveira e Secretário, Fernando Maurício da Costa Campos.
Fonte da Pesquisa: Livro "História de Garanhuns" de Alfredo Leite Cavalcanti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário