quinta-feira, 14 de agosto de 2014

LULA CHORA AO CONSOLAR MÃE DE CAMPOS


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se emocionou com a notícia da morte repentina de Eduardo Campos (PSB). Ao telefonar para a mãe do seu antigo afilhado político, a ministra do TCU Ana Arraes, chegou a chorar.

No momento em que as primeiras notícias sobre a tragédia foram divulgadas, Lula gravava programas eleitorais para candidatos do PT no bairro da Vila Mariana, em São Paulo. Interrompeu o que fazia para consolar a mãe de seu antigo ministro.

Muito abalado em relação a Ana Arraes, à viúva Renata, e aos cinco filhos do ex-governador de Pernambuco, decidiu cancelar sua agenda dos próximos dias para ir ao Recife acompanhar o funeral.

O ex-presidente via em Campos o candidato ideal para vice de Dilma Rousseff na disputa pela reeleição e nunca escondeu sua esperança de trazê-lo de volta para o lado do PT.

Ele também divulgou uma nota lamentando a morte do socialista: "O País perde um homem público de rara e extraordinária qualidade. Tive a alegria de contar com sua inteligência e dedicação nos anos em que foi nosso ministro de Ciência e Tecnologia. Ao longo de toda sua vida, Eduardo lutou para tornar o Brasil um país mais justo e digno", diz trecho.
(Portal 247)

Nenhum comentário:

Postar um comentário