quarta-feira, 13 de agosto de 2014

É DE DESESPERO O CLIMA NO CONGRESSO ENTRE POLÍTICOS LIGADOS A EDUARDO CAMPOS

Por Lauro jardim



É de desespero o clima no Congresso entre os políticos ligados a Eduardo Campos, após a notícia de que o candidato a presidente estava no avião que caiu em São Paulo.

Julio Delgado deixou a reunião do Conselho de Ética para tentar contato com assessores de Campos e seus correligionários. Gaguejando, repete para os jornalistas que não consegue falar com ninguém.

O pernambucano Humberto Costa, do PT e atual adversário do PSB, está trancado no gabinete. Muito abalado, já chorou e também mantém-se colado ao telefone em busca de notícias. Já alterou a agenda e está voltando para o Recife.

Um dos políticos mais próximos a Eduardo Campos, Maurício Rands também diz que tentou ligar para todas as pessoas que poderiam estar com o correligionário, mas que os telefones estão desligados.

Outros políticos, longe de Brasília, estão ligando para jornalistas de todo o país procurando mais informações.(http://veja.abril.com.br)


Nenhum comentário:

Postar um comentário