The 3 Week Diet

Thursday, July 10, 2014

OSCAR SIQUEIRA

Dom João Tavares de Moura (antes de ser bispo de Garanhuns), com o pai de Santa Terezinha (Luis Martin)  na França. Foto de Cora Valença.
Oscar Siqueira foi Coletor Estadual, na sua modéstia, começou a colocar no “Diário de Garanhuns” e no “ O Monitor”, escrevendo crônicas, quase que, diariamente. No primeiro a sua coluna tinha por título: “Caderno de Imagens”, sempre focalizando aspectos da vida urbana. Em um destes diz: “Considero-me um velho caduco pelas coisas da terra, não me desapareceram os afetos pela cidade encantadora do nosso “hinterland”. 

Chegara a Garanhuns no fim da década de “30”, vindo da imprensa da Capital onde exercera o cargo de redator do “Jornal do Commércio”. Além de suas atividades inerentes à função pública e jornalismo – “hobby” de escrevinhador de crônicas, ingressara nas associações religiosas, dando a sua valiosa contribuição. Integrando-se, igualmente, nos meus literários da “Cidade da Garoa”, chegou a tomar posse na “Cadeira de Monsenhor Afonso Pequeno no Centro de Cultura Severiano Peixoto”, em 17.03.41.

Vamos transcrever trechos de uma das suas crônicas”, já com outra denominação: “ A PROPÓSITO” – “ A cidade possui atualmente três jornais e é impresso, um outro, que merece registro, embora quase não circule, apenas é feito para os  que professa a sua religião. “Garanhuns Diário”, por dificuldades oriundas da atual conflagração mundial, está circulando, vez por outra, durante a semana. “O Monitor” que é o Órgão do Bispado, circula aos domingos e o “Norte Evangélico” que é o jornal feito para os crentes protestantes sai semanalmente. A vida do “Garanhuns Diário”, tem sua história, teve seus redatores, seus cronistas de fôlego como Morse Lira, José Coelho Rodrigues, Alberto Rêgo, João Domingos, Luís Schettini, Dr. Edmundo Jordão, Antônio Pantaleão, J. Francisco e Outros".(Fonte: Livro "Os Aldeões de Garanhuns", de Alberto da Silva Rêgo).

No comments:

Post a Comment