segunda-feira, 21 de julho de 2014

GARANHUNS PODE GANHAR CONCHA ACÚSTICA E PLANO MUNICIPAL DE CULTURA E ARTES



Autor do projeto que Instituiu o Sistema de Incentivo a Cultura – SIC em Garanhuns, o vereador Audálio Filho solicitou ao Executivo Municipal a implantação do Plano Municipal de Cultura e Artes para os bairros e área rural do município.

Segundo o parlamentar o referido plano consiste num conjunto de estratégias e diretrizes para a execução de políticas públicas para a área cultural no âmbito do município, ação essa que vai enquadrar Garanhuns nos moldes do Plano Nacional de Cultura, habilitando-o para receber os repasses de verbas públicas específicas tanto estadual como federal.
O plano deve conter eixos temáticos e propostas que visem valorizar a classe artística bem como fomentar a cultura incentivando e resgatando a diversidade cultural de cada localidade a exemplo das festas de bairros, padroeiros de comunidades entre outros.

“A iniciativa visa promover o trabalho de produtores culturais, músicos, arte-educadores, profissionais de artes cênicas, artesãos, literários, artistas plásticos entre outros profissionais da área, para que Garanhuns tenha sempre um produto cultural para oferecer aos munícipes” ressaltou o autor da proposta vereador Audálio Filho.

CONCHA ACÚSTICA: Também de autoria do vereador Audálio Filho, a Câmara Municipal aprovou o requerimento endereçado ao Poder Executivo para a construção de uma Concha Acústica no Parque Ruber van der Linden, popularmente conhecido como Pau-Pombo, que é um dos principais polos do Festival de Inverno, marcado pela música instrumental de qualidade.

A Concha Acústica teria o formato de semi-arena ao ar livre, criando um espaço cultural alternativo para artistas e público, destinado a apresentações em diversos segmentos artísticos, principalmente musicais, mas abrindo espaço para o teatro, inclusive popular, dança, orquestras, etc.

O projeto tem grande apelo sócio-cultural, e impacto direto no turismo e na economia criativa do município.(Blog do Ronaldo Cesar)




Nenhum comentário:

Postar um comentário