The 3 Week Diet

Friday, May 2, 2014

PEDRO CORREA FALTA AO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO

Apesar de ter cumprido todas as etapas necessárias para deixar o presídio e trabalhar como médico radiologista em uma clínica em Garanhuns, no Agreste pernambucano – incluindo o uso da tornozeleira eletrônica – o ex-deputado Pedro Corrêa, condenado na Ação Penal 470, não compareceu ao local de trabalho alegando querer evitar a exposição na mídia.

 O ex-deputado Pedro Corrêa (PP-PE), condenado a sete anos e dois meses de prisão no regime semiaberto após ser condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no julgamento da Ação Penal 470, mais conhecida como mensalão, faltou ao seu primeiro dia de trabalho, na clínica Armando Queiros Monteiro, em Garanhuns, no Agreste pernambucano.

Apesar de ter cumprido todas as etapas necessárias para deixar presídio e trabalhar – incluindo o uso da tornozeleira eletrônica – como médico radiologista, profissão que não exerce há 30 anos, Corrêa não compareceu ao local de trabalho alegando querer evitar a exposição na mídia. 

“Pedro está numa situação muito delicada. Ele não queria passar por este constrangimento com toda a imprensa”, disse o primo e ex-vereador, Clóvis Corrêa, ao Jornal do Commercio. A empresa, que é particular e pertence ao prefeito de Garanhuns, Izaías Régiso (PTB), não se pronunciou sobre o fato.

Enquanto não começa a desenvolver as atividades na clínica pela qual foi contratado, o ex-deputado tem desenvolvido atividades internas de ressocialização, como a criação de animais e sobre o uso adequado de medicamentos. O Centro de Ressocialização do Agreste, onde Corrêa cumpre a pena, conta com mais de 1,1 ml presos, 200 deles na área reservada aos concessionados.(Portal 247)

No comments:

Post a Comment