Friday, March 21, 2014

ESTUDANTE PIAUIENSE É APROVADO EM 15 VESTIBULARES PARA MEDICINA



Se para muitos estudantes, a aprovação em um vestibular é uma tarefa árdua, para o jovem piauiense Inácio de Sá Bezerra Neto, a missão não parece tão difícil. Natural do município de Monsenhor Hipólito, distante 369 km   de        Teresina, o adolescente de 17 anos foi aprovado em 15 vestibulares, para um dos cursos mais concorridos, Medicina.

Filho de uma professora e um comerciante, o jovem conta que parte dos estudos cursou na região de Picos, sendo transferido durante o Ensino Médio, para uma escola particular, em Teresina. Sobre as aprovações, Inácio de Sá revela que tinha esperança de passar em uma instituição pública, mas confessa que o número surpreendeu.

"Já havia prestado o Enem por duas vezes e em 2012, fui aprovado para Biomedicina, em Parnaíba, Enfermagem, em Picos, Engenharia Civil, em Salvador, e Engenharia Elétrica, no Paraná. Já tinha ficado surpreso e quando fiz prestei vestibular em 2013 e consegui 15 aprovações, confesso que não esperava", conta o garoto.

Na lista, o adolescente acumula aprovações na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), duas universidades particulares nas cidades de Blumenau e Volta Redonda, e mais doze universidades federais, entre estas, nos estados do Ceará, Minas Gerais, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Bahia, Maranhão e na Universidade Federal no Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, no estado do Pernambuco, onde o jovem ingressará no curso de Medicina, a partir do próximo mês.

"Entre tantas universidades, resolvi optar pela Univasf, ao qual já tinha referências e é a mais perto de Monsenhor Hipólito, cerca de 3h30", diz o jovem estudante.

Rotina de estudo

Para conseguir êxito, Inácio de Sá Bezerra Neto revelou ao Cidadeverde.com, a rotina de estudos exaustiva, porém com excelentes resultados. O adolescente, que obteve 920 na prova de redação- em uma escala que vai até 1.000- disse que até os finais de semana, eram reservados para os estudos.
"Chegava da escola no início da tarde, almoçava e era dedicação total aos estudos. À noite, assistia aos telejornais para saber o que estava acontecendo no mundo e depois, não abdicava, de uma boa noite de sono, indispensável para o bom rendimento. Aos sábados também ia para a escola e domingo me debruçava sobre os livros, mas também sobrava tempo para o lazer", conta bem o humorado o jovem, que tinha rotina de mais de 7 horas de estudo, diariamente.

Futuro

Sobre a carreira médica, Inácio de Sá revelou que tem um grande sonho: exercer a medicina na cidade em que nasceu. "A carência de médicos na região em que moro, e em toda a região de Picos, foi um dos grandes motivos para eu optar por estudar Medicina. Quero me formar e voltar para Monsenhor Hipólito", revela.

Em busca do sonho, além dos desafios como estudante da área de Saúde, o adolescente ainda terá que enfrentar a distância da família e aprender a morar sozinho.

"Já alugamos um apartamento e quando começar o curso, vou mudar para o Pernambuco e terei que aprender a me virar sozinho", disse Inácio de Sá, que parece também não se intimidar perante os novos desafios.(Fonte: Portal cidadeverde.com)

No comments:

Post a Comment