quarta-feira, 10 de julho de 2013

SAUDAÇÃO A GARANHUNS

    Letra e música de Gonzaga de Garanhuns



Praça D. João Tavares de Moura - foto de  Cícero Gomes


   Estendida sobre o dorso das serras
   Sob um céu azul cor d'anil
   Com um clima cheio de pureza
   Eis aí Garanhuns varonil

   Salve! Salve! Garanhuns amada
   Oh! Terra cheia de beleza e fulgor
   Nós, os teus filhos regozijados cantamos
   E a ti saudamos com esta canção de amor

   Escalando o Alto do Magano
   Lá encontramos o Cristo redentor
   Com seus braços estendidos sobre a cruz
   Abraçando essa terra com ardor

   Em tuas fontes d'agua cristalina e pura
   Em tua terra com seus campos verdejantes
   Em tuas praças com seus jardins floridos
   Em teu seio nós estamos confiantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário