domingo, 6 de maio de 2012

Reencontro


Marcos Cardoso

Já não te vejo em meu dia a dia,
Fugiste de mim e de meu amor,
Meus dias seriam mais alegres
Se não houvesse tantos desejos em mim:
Desejo de olhar profundamente em teus olhos
e sentir que mesmo distante ainda me amas,
Desejo de ganhar novamente seus abraços,
quando chegarem as noites frias.

Neste quase desespero em que me vejo
já cheguei e tal ponto,
de me trocar diversas vezes por você
só pra ver se te encontro.
Procuro e vejo você em tudo que me cerca,
Em todos os lugares que passamos
deixamos a marca do nosso amor gravado
e por mais que eu tente, não consigo
apagar estas marcas de minha vida.
Elas me falam de você,
Me fazem lembrar o amor eterno
Que um dia juramos em segredo

De vez em quando eu me pergunto
se o que passo agora é mesmo realidade
Será que tudo que foi dito,
tudo que foi com carinho e lágrimas semeando
agora, simplesmente são coisas do passado?
Posso estar errado, mas espero um dia
voltares aos meus braços
Para dares um pouco de luz
Á estes tristes olhos apaixonados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário