FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS

sábado, 12 de maio de 2012

OS TRÊS AMORES


Antonio Reinaux (em memória)

Amei o primeiro que também me amou
Três annos de felicidades e ilusões fucturas
Eu a desprezei, ella desprezou-me
Terminar-mos no mar da desventura.

Amei o segundo e este foi chimeras
Deste falso amor não me recordo mais
Ella hoje vaga no mundo das esfheras
Não sofro por ella então jamais

Amei o terceiro, amor puro e santo
Encontrei neste e divinal candura
Este amor de firmeza e encanto
Reinaraá atém em minha sepultura.

Lajedo 6 de Setembro de 1916

(Antonio Reinaux foi comerciante em Garanhuns. Pai do Jornalista Marcílio Reinaux. Foto: Vista Parcial de Garanhuns início do Século passado).