The 3 Week Diet

Thursday, May 17, 2012

MEU FUTURO

Soneto de Jesus Campelo

A tarde é quente. O céu empalidece.
Sozinho, contemplo a paisagem linda.
Aquela luz vermelha que desaparece,
É o sol que se despede da labuta finda.

E eu comparo à noite ao meu futuro.
Negra, esquisita, porém mui calma,
E através da escuridão imensa,
Encontro um lenitivo para minh'alma.

Quantas vitórias contarei mais tarde?
Serão debalde os sacrifícios meus?
Lutarei sempre, não serei covarde.

Pois se algum dia sentir no peito, a glória,
Saberei agradecer ao meu bom Deus,
E ver, escrito em ouro, uma página da minha história.

No comments:

Post a Comment