Friday, May 25, 2012

Lembranças...



José Inácio Rodrigues

Lembrar Mons. Adelmar, de suas aulas de civilidade, da grandeza de seu coração, de sua bondade, do exemplo de seu caráter, de sua altivez, mas sobretudo, da maneira como conduzia sua fé. Como esta permanece presentes nas suas ações de sacerdote! Lembrar de sua presença, na capela do colégio, é transportar todos nós, seus alunos, para um tempo que nos traz imorredouras saudades.

Lembrar de suas aulas, ministradas, no casarão da praça que hoje tem seu nome, é reviver um fastígio de glória. Lembrar 12 de outubro quando todos nós, jactanciosos desfilávamos pelas ruas ladeirosas de Garanhuns e depois do desfile, em frente ao educandário, esperar o professor Lustosa, entusiasmado, avisar que no dia seguinte não haveria aula.

Lembrar a preparação da Páscoa dos estudantes, com a capela repleta de padres, inclusive com a presença do bispo para a confissão em massa dos alunos, e saber que estes tempos não voltam mais. Porém estão fincados no recôndito da nossa alma, por esta razão, jamais serão esquecidos.

Enfim, Mons. Adelmar, como educador, nasceu na antiga Praça da Bandeira e cresceu para todo Brasil. Quem recebeu suas aulas naquele casulo do saber, e o esqueceu, é porque continua pobre de fé e de sabedoria.(Foto: alunos do Diocesano de Garanhuns em 1959).

No comments:

Post a Comment