The 3 Week Diet

Tuesday, May 1, 2012

Antônio Isaac de Macedo: 7ª Prefeito de Garanhuns



Eleições realizadas em 10 de julho de 1910. Tendo o seguinte resultado das apurações; Para Prefeito Antonio Isaac de Macedo, 692 votos, Dr. Francisco Acioli Lins, 70; e o Capitão Firmo José de Santana, 61 votos.
Para Sub-Prefeito Joaquim Ferreira da Silva Leal, 694 votos e Francisco Bezerra Vanderlei, 69 votos e Soriano de Carvalho Furtado, 63 votos.
Para Conselheiros Municipais: João Francisco da Silva, 534 votos, Luiz de França Cordeiro e Cipriano Correia de Carvalho, 477 votos cada; Antonio de Lima Penante e Inocêncio Barbosa de Farias 321 votos cada; José Francisco da Silva Filho, 320 votos; Joaquim Bahia de Melo, 259 votos, Agostinho Quirino dos Santos e Agostinho Alexandre de Barros, 215 cada, Olímpio Ferreira da Silva Leal, Joaquim Fausto de Araújo, João Correia de Assis e Antonio Henrique de Moura 213 votos cada um; Pedro Branco da Silva, Joaquim Lopes Viana, Pedro de Matos Feijó, Possidônio Vilaça e Álvaro da Silveira, 159 votos cada um; Próspero Missano, Francisco Tude de Melo, Antonio Ivo da Silva, Agostinho Jorge da Costa, Pedro Alves de Souza, Joaquim Ferreira Caldas, Antonio Rodrigues do Nascimento, Vitorino Alves Monteiro, João Florêncio de Araújo Miranda, Otávio Alves da Silva Rêgo, Tomás da Silva Maia, Hemetério Pinto da Silva Souto e Francisco Souto de Carvalho Furtado, 69 votos cada um.
Pouco tempo depois de haver assumido o cargo de Prefeito, Antonio Isaac de Macedo, renunciou o mandato tendo se realizado nova eleição em 22 de março de 1911, que sem nenhuma oposição, por merecer a confiança e a consideração de todas as alas políticas, foi eleito o Ten. Cel. Argemiro Tavares de Miranda(foto). Recuperou a iluminação pública que foi abandonada pelos seus antecessores sendo restaurada com a substituição do carbureto por lâmpadas à álcool com nova posteação; limpou o mato que crescia em suas ruas e fez o aplainamento das mesmas aterrando os fossos causados pela erosão pluvial; deu início ao alargamento das calçadas e o seu nivelamento, padronizando também as larguras por dois ou três metros, conforme as ruas.
O Ten. Cel. Argemiro Tavares de Miranda também renuncia do cargo de Prefeito, dando lugar ao fortalecimento da outra ala que tinha à sua frente o Cel. Júlio Eutímio da Silva Brasileiro, cidadão de alta envergadura moral e que contava com o apoio do Dr. Antonio Souto Filho, figura de destaque na política estadual e então Oficial de Gabinete do Governador do Estado, General Dantas Barreto.
No dia 30 de março de 1912, na qual tomaram parte as duas alas políticas e teve a apuração com o seguinte resultado: Cel. Júlio Eutímio da Silva Brasileiro, 1.137 votos e o Cel. Hemetério Pinto da Silva Souto, 332 votos.(fonte: livro "História de Garanhuns" de Alfredo Leite Cavalcanti)

No comments:

Post a Comment