quinta-feira, 10 de maio de 2012

10 DE MARÇO DE 1811 GARANHUNS PASSAVA À CATEGORIA DE VILA


No início a terra dos guarás e dos anuns era simplesmente um vasto território onde existiam apenas os animais que lhe deram o nome e alguns índios.
Em 1699 foi criada a Freguesia de Santo Antônio do Ararobá sob forma de Curato.
Como a povoação era totalmente católica e tendo a necessidade da criação de um templo, construíram a primeira igreja de Garanhuns, nas imediações onde hoje fica o Banco do Brasil. O aumento populacional e o desenvolvimento agrícola da localidade, embora em passos lentos, motivaram a elevação do povoado à categoria de vila, o que se deu por Carta Régia de 10 de março de 1811.
A Vila de Santo Antônio de Garanhuns era composta por cerca de cem casas. Depois da elevação à categoria de vila, anualmente era visitada pelo Ouvidor Corregedor e Provedor da Comarca do Sertão de Pernambuco.
O primeiro Ouvidor da Comarca foi o Dr. Antônio José Pereira Barroso de Miranda Leite. Garanhuns foi elevada à categoria de Vila, graças a determinação do Governador da Província de Pernambuco, Caetano Pinto de Miranda Montenegro(foto).

Nenhum comentário:

Postar um comentário