quarta-feira, 25 de abril de 2012

RECORDANDO O CENTENÁRIO DE GARANHUNS: 1879-1979



ENTREGA DAS MEDALHAS DO CENTENÁRIO DE GARANHUNS

Ocorreu no Salão Nobre do Palácio Municipal Celso Galvão, às 10 horas do dia 30 de dezembro de 1979, ainda em comemoração às festas centenárias de Garanhuns, uma Sessão Solene, com a finalidade de entrega de 32 Medalhas do Centenário outorgadas pelo Executivo através de Decretos.
A mesa dos trabalhos ficou assim constituída: Prefeito Ivo Amaral(foto) que presidiu a solenidade, Dr. José Tinoco Machado de Albuquerque, Secretário do Trabalho e Ação Social do governo representando o Governador Marco Antônio Maciel, Vereador Audálio Ramos Machado, representando da Câmara Municipal de Garanhuns, Ten. Cel. José Maria Aragão Sabino, Comandante do 71º BI Mtz, Professor Erasmo Vilela, Presidente da Comissão dos Festejos do Centenário, Dr. Guido Chaves Feitosa da 3ª Vara Criminal e o Professor Jaime Pinheiro, Secretário de Planejamento do Município.
Depois da leitura das pessoas agraciadas através do Radialista Solon Gomes, falou naquela Sessão o Professor Erasmo Vilela, historiando a criação de Garanhuns, desde seus primórdios e o significado de todas as festividades, bem como as atividades da COCEN que foi presidida pelo orador.
Em seu discurso elogiou o Prefeito deste Município, Sr. Ivo Tinô do Amaral, além dos Srs. Edson Dourado, Asnar Valença e Jaime Pinheiro, e registrou na sua oratória, palavras do sociólogo Gilberto Freire.
Aplausos ocorreram pela oração do Diretor da Faculdade de Filosofia.
Em seguida, o Prefeito Ivo Amaral foi chamando as pessoas, a fim de entregar a cada uma as medalhas e os Diplomas do Centenário. Algumas justificaram suas ausências.
O Sr. Ivo Amaral, fez importante pronunciamento , dizendo do sentido daquela solenidade, fazendo um relato das atividades da COCEN, elogiou sem dizer, todas as pessoas agraciadas com as Medalhas e Diplomas. Falou a respeito de sua vida pública como Vereador, Vice-Prefeito e atualmente como Chefe do Executivo Garanhuense. O discurso do Prefeito do Centenário foi muito aplaudido.
A Banda Municipal Manoel Rabelo, através do Maestro Wilson Alves encerrando a solenidade, tocou o Hino Nacional.
Muita gente assistiu a bela e significativa sessão tendo uma delas caido de sua cadeira, naturalmente pelo entusiasmo e vibração existente naquele momento.
A Rádio Difusora transmitiu os acontecimentos festivos.
A reportagem anotou as presenças das seguintes pessoas entre outras inclusive das agraciadas: Profº Gonçalves Dias, Alberto Lino Carvalho, José Maria Costa, Manoel Correia dos Santos, Anália Santos, Asnar Valença, Antonio Miranda de Lima, Eutíquio Torres Calazans, Ciro Ferreira Costa, Manoel Teles Furtado, Antônio Sarmento de Pontes, José Florêncio, José Rodrigues (Diretor do Jornal "O Monitor"), José Freire, Severino Albino, Dr. Paulo Tavares Correia, Profº Evanderly Costa, José Neto, Rubens Barros Correia, Advogado José Francisco, Dr. Othoniel Gueiros, Moisés Leão, Ulisses Pinto, Daví Lima, Adelson José Costa Silva, Profº Jonas, Dr. Petrônio Fernandes, Jaime Pincho, Antonieta de Oliveira Santos, Vereador José Ferreira Filho, Júlio Barbosa, Dr. Jurandy Pessoa de Araújo, Waldemir Carvalho, Profº Luiz Henrique de Almeida, Osmundo Maia de Lima, Dr. José Inácio Rodrigues, Dr. Luiz de Luna Almeida, Vereador Jurandy Batista de Morais (Brejão). Muito dessas pessoas compareceram com suas esposas.
Obs. Os nomes grifados foram os que receberam suas medalhas. O Profº Erasmo Vilela e o Jornalista Ulisses Pinto, representaram respectivamente, o Dr. Antonio Figueira e a Sra. Anita de Siqueira Pinto viúva do Sr. Aloísio Souto Pinto, ex-Prefeito do Município.(fonte: Jornal O Monitor).

Nenhum comentário:

Postar um comentário