sexta-feira, 27 de março de 2015

FILÓSOFO RENATO JANINE SERÁ NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO.

A Presidência da República anunciou hoje (27) que o filósofo e professor Renato Janine Ribeiro será o novo ministro da Educação. Ribeiro ocupará a vaga deixada por Cid Gomes na semana passada, depois que o então ministro acusou deputados de serem achacadores e oportunistas.

O novo ministro da Educação é professor titular de ética e filosofia política da Universidade de São Paulo (USP) e especialista na obra do filósofo inglês Thomas Hobbes, sobre quem focou suas pesquisas de mestrado e doutorado. Sobre o filósofo, Ribeiro publicou os livros A Marca do Leviatã e Ao Leitor Sem Medo.

Ribeiro escreveu ainda ensaios sobre filosofia política focando a realidade brasileira. Ele venceu o Prêmio Jabuti em 2001 com a obra A Sociedade Contra o Social: O Alto Custo da Vida Pública no Brasil. O filósofo tem ainda publicações que tratam de democracia, da relação da universidade com a sociedade e sobre a forma de fazer política em geral. Ao todo Ribeiro tem 18 livros editados, além de ensaios e artigos em publicações científicas.

No serviço público, além de ter sido aprovado no concurso para professor da USP, Janine atuou como membro do Conselho Deliberativo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) (1993-1997), do conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)  (1997-1999), secretário da SBPC (1999-2001) e diretor de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) (2004-2008). Além disso, foi membro do Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Avançados da USP e é membro do Conselho Superior de Estudos Avançados da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), segundo informações do Palácio do Planalto.

Ribeiro fez mestrado na Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, doutorado pela USP e pós-doutorado pela British Library. O novo ministro foi convidado hoje pela presidenta Dilma Rousseff para assumir o cargo e tomará posse no dia 6 de abril.
(Fonte: Agência Brasil).

quinta-feira, 26 de março de 2015

HISTÓRIAS DA MINHA GARANHUNS - RECORDANDO A LANCHONETE DE MIRABÔA.

1º de Março de 1968 - Mirabôa Machado Pinto, Cantor
Orlando Silva (centro) e Maurício Acioly.

A lanchonete do Mirabôa ficava na esquina da rua Elias de Barros, em frente ao Cine Jardim e por lá Mirabôa Machado Pinto trabalhou por várias décadas fornecendo refeições rápidas, era uma lanchonete tipo "come-em-pé" que contava com uma grande freguesia.


Sempre estava cheia a casa, pois trabalhava com uma comida saborosa e com preços populares, havia de tudo na casa: cuscuz, macaxeira com carne de sol, leite, batata doce, pão com figado.

Cinema Jardim.

Era muito divertido como Mirabôa despachava os lanches. De repente vinha aquele grito: "Sai uma papa, depressa o rapaz vai para a faixa", "Sai um pão-na-serra com manteiga e um pingado".

Mirabôa Machado Pinto e Zenaide Barros.

Quando você pedia uma sopa ele perguntava se queria a sopa com jeep ou sem? "jeep" era um osso grande que Mirabôa mandava colocar na sopa e o freguês escolhia com ou sem jeep(osso).

                              

VENDEDOR DE AUTOMÓVEL TERÁ QUE INFORMAR VALORES DE TRIBUTOS AO COMPRADOR.

Está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26) a Lei 13.111/15, que obriga vendedores de motocicletas e automóveis novos ou usados a informar ao comprador os valores dos tributos incidentes no preço desses veículos. A norma, que passa a valer em 60 dias, também determina que na assinatura do contrato de compra e venda, os consumidores sejam informados sobre a situação de regularidade do quanto a furto, multas e taxas anuais devidas, débitos de impostos, alienação fiduciária ou circulação do veículo.

Empresários que descumprirem a lei serão responsabilizados pelo pagamento dos tributos, das taxas e multas incidentes até a data da compra. No caso de o veículo ter sido furtado, o comprador terá direito à restituição do valor integral. As penalidades serão aplicadas sem prejuízo das demais previstas no Código de Defesa do Consumidor.
(Fonte: Agência Brasil)

quarta-feira, 25 de março de 2015

ESCULTURA DE DINOSSAURO SERÁ MONTADA NO PARQUE EUCLIDES DOURADO.


A escultura do dinossauro, doada pelo escultor Marcílio Reinaux, para o município de Garanhuns, será montada amanha (26), no Parque Euclides Dourado, localizado na avenida Júlio Brasileiro, no bairro Heliópolis. A escultura, com cerca de 20 metros de comprimento e 8 metros de altura e com um peso total de 2.100kg, foi construída em uma base de ferro, recoberta de lâminas de alumínio em chapas rebitadas na ferragem.

O Secretario de Agricultura, Epaminondas Borges Filho, fala sobre como a obra foi transportada até Garanhuns e os reparos que foram feitos nela. “Para trazer o dinossauro de Recife para Garanhuns foi necessário dividir a escultura em três partes, devido ao tamanho dela. Depois de chegar ao município, o dinossauro passou por um processo de limpeza e substituição de algumas lâminas de alumínio”, complementou.

Durante a montagem será utilizado um caminhão munck, um caminhão com prancha, máquina de solda e seis trabalhadores. O escultor, que já produziu mais de 80 obras em sucata, gastou menos de um mês para finalizar o dinossauro, com a colaboração de três operários.
(Fonte: Secom/PMG)

HOJE NO INSTITUTO HISTÓRICO DE GARANHUNS TEREMOS O LANÇAMENTO DO LIVRO DICIONÁRIO BIOGRÁFICO CANGACEIROS & JAGUNÇOS.




O Instituto Histórico, Geográfico  e Cultural de Garanhuns e o escritor Renato Luis Bandeira convidam para lançamento do livro: DICIONÁRIO BIOGRÁFICO CANGACEIROS & JAGUNÇOS (2ª EDIÇÃO) – REVISADA E AMPLIADA. Nesta quarta-feira, 25 de março, às 20h, na sede do IHGG – Praça Dom Moura 44 – Centro.

Centenas de livros já foram escritos sobra a saga do cangaço no Nordeste brasileiro. É por isso que o escritor Renato Luis Bandeira, concebeu uma obra inédita que aborda tão somente o resumo biográfico de cangaceiros, cangaceiras, jagunços e canos de guerra, alem da inserção de dezenas de fotos que enriquecem o trabalho , sendo doravante, fonte permanente para pesquisa do fenômeno cangaceirismo no Brasil.

A história é uma grande colcha de retalhos. É feita de pedacinhos. Emaranhado dos fatos se unem e ganham veracidade quando são compartilhados por pesquisadores que vão buscar na oralidade, a base dos acontecimentos, sobretudo, com aqueles que foram protagonistas.

Assim o registro histórico serve de conhecimento para as gerações futuras, graças a obstinação de alguns escritores que se tornam verdadeiros guardiões dos fragmentos identificados, como as peculiaridades de um arraial ou de uma comunidade, que preserva sua história, seus costumes e tradições.

O livro Dicionário Biográfico Cangaceiros e Jagunços é obra para ser consultada e apreciada. É resultado de pesquisa centrada em longa e difícil observação, com levantamento de milhares de informações, confrontação e análise criteriosa sobre o tema, em parâmetros precisos de fatos e lugares com nomes de cangaceiros que percorreram o nordeste brasileiro.
(Fonte: Blog do Instituto Histórico de Garanhuns).

terça-feira, 24 de março de 2015

HISTÓRIAS DA MINHA GARANHUNS - "DOUTOR JEITOSO" O FILÓSOFO DE GARANHUNS.

O sr. Manoel de Lima dos Santos, era conhecido em nossa cidade por Dr. Jeitoso, porque vivia às custas dos perdidos e dos quebrados e trabalhava como operador de guarda-chuvas como o mesmo gostava de falar.

Dr. Jeitoso relatou alguns pontos de sua Filosofia em agosto de 1971 ao repórter Nizaldo Moraes. Eles me chamam de Dr. Jeitoso porque eu vivo nesta cidade à custa dos perdidos e dos quebrados. Sou operador de guarda-chuvas. Chuva, Sol e Sereno. Três naturezas num corpo só. Chamou todo mundo atenção! E a natureza é quem se encarrega de falar para todo mundo conhecer um homem preparado em letras apagadas. Eu para estudar não comprei livros nem fui em escola, porque já vivo na escola que é o mundo e o professor só tem um que é Deus.


Na terra todos são discípulos e a gente nunca acaba de aprender. Tenho 72 anos e ainda estava de comer uma papa de leite todo dia, mas não posso comer porque faço o serviço, fica impancado, o povo não vai ver, não recebo dinheiro e passo até privação.


CANDIDATO:

Eles quiseram que eu fosse prefeito de Frexeiras mais eu não pude ser porque os votos foram poucos.
Quero ser o que sou, um artista, um operário que vive dentro da cidade a custa dos quebrados e dos perdidos.


VOLTA À ORIGEM:

Eu vim da terra e volto para a terra. Porque tudo é da terra. Porque a terra cria e a terra come, porque tudo é dela. E eu penso que ninguém pode desaprovar essas palavras.


A CIDADE:

Eu nasci e me criei nessa terra. Conheci Garanhuns muito arrasada e hoje está uma cidade muito elevada. Está ficando muito bonita. Mas tem tanta gente parada! E o negócio de estar parado não dá certo tem que estar fazendo alguma coisa. É preciso arranjar trabalho para esse povo.


CERTO OU ERRADO?

Uns dizem que está certo, outros dizem que está errado. É uma confusão tão grande que há no mundo! O que está errado são aqueles que não estudam, porque é do estudo que parte tôda riqueza.


TRABALHO:

O trabalho que me deram eu quero ganhar dinheiro. Já estou um pouco maduro. Não faço bondade para trabalhar, porque a caneta que o meu pai me deu para eu estudar foi uma enxada. Foi quando vi fartura em casa.

JOGADOR OU ASTRONAUTA?

Meu amigo, jogador eu não queria ser não. Podia ir a lua, porque quem é que não tem gosto de dar um passeio!

MODA:

A mini- saia é por causa da fazenda que está fazendo. As meninas de hoje estão fazendo uns vestidinhos muito curtos para acompanhar a moda. Se comer não veste e se vestir não come. De mini-saia, cai uma moça aí na cidade... não dá certo.

CIÊNCIA:

A ciência do cinzeiro é que tudo tem que virar cinzas. São três pontos que o cinzeiro tem. Um, dois, três! A fé, a esperança e a caridade. O pobre nasceu na fé, viveu na esperança e morreu na caridade. São três naturezas que abalam o mundo. Deus, o homem e a terra. Porque é da terra que vem toda natureza.

MÁGOA:

Não posso mais trabalhar nas indústrias porque vou trabalhar e dizem: tá velho. Mas velho precisa, velho tem família, velho tem obrigação. É preciso todos compreenderem. Mas compreender não é para todo mundo. É um dote que Deus dá.

MENSAGEM FINAL:

Muito obrigado pela delicadeza de deixar dar uma fala aqui no seu gravador para o povo ir compreendendo a inteligência do matuto. Que eu sou um matuto, mas matuto inteligente e ninguém pode dizer que não seja. E meu professor é Deus e a minha escola é o mundo. O mundo é uma escola e só não aprende quem não tiver cabeça.

Doutor Jeitoso nasceu no Papa Terra, 1º Distrito de Garanhuns, no dia 6 de setembro de 1899, faleceu às 8 horas do dia 6 de fevereiro de 1986. Foi uma figura muito popular e querida em nossa cidade.
(Fonte: Jornal "O Monitor").

SENADO INSTALA CPI DO HSBC

Os senadores Paulo Rocha (PT-PA) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) serão, respectivamente, presidente e vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do HSBC no Senado. O relator da comissão será o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES).

Com 11 membros e prazo de 180 dias para concluir os trabalhos, a comissão terá o objetivo de investigar quantos correntistas brasileiros do banco, entre os mais de 8 mil, cometeram crime de evasão fiscal.

“Mais do que ser uma caça às bruxas, ela "a CPI" deve, primeiramente, identificar qual são as falhas do sistema tributário brasileiro, que possibilita uma provável evasão fiscal desse tamanho”, disse Randolfe.

O senador, que também é autor do pedido de criação da CPI, adiantou que vai protocolar ainda hoje, na secretaria da comissão, vários requerimentos para ouvir autoridades da Receita Federal e do Ministério Público, além de jornalistas.

Para o relator, Ricardo Ferraço, além da sonegação de impostos, são várias as possibilidades de crimes associados aos depósitos milionários de brasileiros em contas numeradas na Suíça, que somam aproximadamente US$ 7 bilhões, segundo as primeiras estimativas do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos.

“A lavagem de dinheiro pode estar ligada a episódios de corrupção, como os apurados na Operação Lavo Jato, da Polícia Federal, envolvendo contratos com a Petrobras. Essa é uma das hipóteses. Isso já mostra a importância do trabalho desta comissão parlamentar de inquérito, em parceria necessária, evidentemente, com a Receita Federal, o Ministério da Fazenda, o Ministério Público Federal, a Polícia Federal, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras e, eventualmente, até com alguns organismos internacionais, que poderão nos ajudar na elucidação desses fatos”, destacou Ferraço.

O presidente da CPI, Paulo Rocha, disse que vai presidir a comissão com equilíbrio e responsabilidade. O senador foi um dos investigados pela Ação Penal 470, o processo do  mensalão, quando era deputado federal. Acusado de lavagem de dinheiro, ele foi absolvido pelo Supremo Tribunal Federal. Por isso, Rocha disse que terá muito cuidado na condução dos trabalhos.

“É um processo para a classe política muito tentador, mas tem consequências graves para as pessoas envolvidas. Digo isso porque, desde 2005, vivi e senti isso na pele. Passei por um processo de investigação e de julgamento muito forte, que teve consequência na minha carreira política e na minha vida pessoal, dada essa coisa do julgamento espetacular, sem direito de ampla defesa de cada um”, disse o presidente da CPI.

Na próxima quinta-feira (25) a comissão volta a se reunir às 8h30 para discutir um plano de trabalho.
(Fonte: Agência Brasil).